Facebook
Joaquim Tavora, 27 DE NOVEMBRO DE 2021







    NOTÍCIAS  
  APOIO:
 
Com 6.027 pacientes, Paraná atinge maior número de internados em leitos Covid-19, desde o início da pandemia

Dados da Sesa, desta quinta-feira (3), consideram número de pessoas internadas em UTIs e enfermarias, com casos confirmados ou com suspeita, em leitos do SUS e da rede particular.


O Paraná registrou, nesta quinta-feira (3), o maior número de pessoas internadas em leitos exclusivos para Covid-19, desde o começo da pandemia, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Conforme a secretaria, são 6.027 pacientes e, pela primeira vez, o estado possui mais de seis mil pessoas internadas com casos confirmados ou suspeita da doença, em leitos das redes pública e privada de saúde.

Os dados do boletim desta quinta-feira, consideram internamentos em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermarias.

Ainda segundo a Sesa, a média de idade dos pacientes internados é menor. Os números mostram que 86% dos casos de coronavírus confirmados no Paraná são de pessoas com menos de 60 anos.


Pessoas mais jovens ficam mais tempo no hospital e isso, conforme os especialistas, faz com que os leitos demorem mais tempo para serem liberados.

Rotatividade dos leitos

 

A demora faz a fila por leitos aumentar, de acordo com Vinicius Filipak, diretor de gestão em saúde da Sesa. Atualmente, segundo os dados da secretaria, mais de 1,2 mil pessoas estão à espera de uma vaga para tratamento da Covid-19 no estado.

 

"Isso faz com que ele fique mais tempo internado do que no ano passado. Nós temos, hoje, uma expectativa de que um leito de UTI consiga atender dois, no máximo três pacientes, dentro de um mês. O tempo médio de permanência no ano passado, em UTIs, variava de 10 a 11 dias, hoje, se aproxima de 14 a 15 dias", disse.

 

Ainda conforme os números da secretaria, nos cinco primeiros meses de 2021, a quantidade de casos de Covid-19 mais do que dobrou em relação a todo o ano passado.

Foram 413.409 casos de março a dezembro de 2020, contra 674,187 casos, de janeiro a maio de 2021. Um aumento de 163%. Como consequência, o número de internações também aumentou.

86% dos casos de coronavírus confirmados no Paraná são de pessoas com menos de 60 anos — Foto: Reprodução/RPC

Internamentos

 

Do total de 6.027 pacientes internados, 2.962 deles foram diagnosticados com Covid-19 no Paraná, sendo que 2.268 recebem atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e outros 694 pela rede particular.

Pessoas com casos confirmados internadas pelo SUS:

  • 989 em leitos de UTI;
  • 1.279 em leitos clínicos de enfermaria.

 

Pessoas com casos confirmados internadas pela rede particular:

 

  • 360 em UTI;
  • 334 em leitos clínicos/enfermaria.

 

O boletim da Sesa aponta que ainda há outros 3.065 pacientes com suspeita de coronavírus, internados em leitos UTI e enfermaria das redes pública e particular. Eles aguardam resultados de exames.

 

"Temos 6 mil pacientes internados simultaneamente nos leitos SUS, nos leitos exclusivos Covid, em leitos gerais e leitos privados. É o maior número total e, quando aplicamos a mortalidade média de 30% em cima de desses 6 mil, nós sabemos que infelizmente 1,8 mil desses paranaenses não voltarão para casa após internamento", Filipak.

 

No Hospital Victor Ferreira do Amaral, em Curitiba, são 40 leitos de enfermaria e 8 leitos de UTI Covid-19. Na unidade, o tempo médio de internação até abril de 2021 era de 8 dias. Depois, a média de tempo de internação passou para 18 dias.

A média de idade dos pacientes no hospital caiu: de 63 anos, entre dezembro e janeiro, para 55 anos, entre março e abril.

O coordenador médico do hospital, Gustavo Ravedutti, comentou que os pacientes mais novos, de 50 anos, 40 anos, tendem a ter menos comorbidades, menos complicações.

"A gente percebe que esses pacientes, quando internam, a mortalidade é menor, mas eles tendem a ficar um tempo maior internados, para reabilitação, recuperação", destacou.

 

2021-06-03 23:11:29







-








Todos os direitos reservados 2021 – BALADA SERTANEJA FM  | Política de Privacidade